SP debate mídia contra-hegemônica na América Latina

Ligado .

 

Na noite desta terça-feira (12), representantes de peso da mídia alternativa do continente se reúnem na capital paulista para discutir A mídia contra-hegemônica na América Latina. Com convidados internacionais e entrada livre, a atividade ocorre às 19h, no Tucarena (Rua Monte Alegre, 1024). A realização é de parceria entre a Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e a Fundação Friedrich Ebert, com apoio da revista Caros Amigos.

Com o refluxo conservador vivido no continente, seja pelo golpe no Brasil, a eleição de Mauricio Macri na Argentina ou a intensificação da ofensiva imperialista contra a Venezuela, o papel jogado pelos grandes meios de comunicação tem ganhado papel central no debate político da região. Diretores de reconhecidas publicações progressistas e o presidente do Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé, Altamiro Borges, foram convidados para discutir os desafios colocados a partir desse cenário.

O time escalado para o debate conta com Carmen Lira Saade, diretora do jornal mexicano La Jornada; Santiago Escobar, diretor de Análises e estudos do jornal chileno El Mostrador; Lucas Silva, diretor do jornal uruguaio La Diaria; Óscar Castilla, diretor do jornal peruano Ojo Público; Altamiro Borges, jornalista brasileiro e presidente do Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé, e José Arbex Jr., professor de jornalismo da PUC-SP e colunista da revista Caros Amigos.

O evento terá transmissão tempo real pela página da Caros Amigos: www.carosamigos.com.br

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar