Com Flávio Dino, Fernando Haddad e Manuela D'Ávila, V Salão do Livro Político abre dia 27

Cultura
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Do evento, que homenageia Paulo Freire e discute as pautas do retrocesso do governo Bolsonaro, ainda participam intelectuais e políticos como Manuela D’Ávila, Flávio Dino, Guilheme Wisnik, Eduardo Fagnani, Sabrina Fernandes, João Sicsú e a reitora da PUC-SP, Maria Amália Andery. Centenas de títulos de 34 editoras terão descontos de até 50%

O educador, pedagogo e filósofo Paulo Freire é o homenageado desta edição, que tem a Educação e o governo Bolsonaro no centro dos debates. “Educação ou barbárie: a volta à Idade Média?”, “Do tráfico à milícia: o estado paralelo que mata Marielles todos os dias” e “Imprensa: a hora da autocrítica?” são algumas das mesas. Serão discutidos ainda opressão da mulher, resistência antifascista, hegemonia cultural e restauração conservadora na América Latina.

Confira mais informações sobre o Curso "O pensamento de Paulo Freire", oferecido pelo V Salão do Livro Político

Entre os debatedores do campo político estão o ex-ministro Zé Dirceu (preso após julgamento em segunda instância semana passada, ele aguarda recurso no STJ e julgamento de Habeas Corpus no STF), o ex-ministro da Educação e ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, o governador do Maranhão, Flávio Dino, a ex-deputada Manuela D’Ávila, o deputado Carlos Giannazi e as deputadas Talíria Petrone e Erica Malunguinho.

Da academia, participam, entre muitos outros amplamente reconhecidos, Luiz Eduardo Soares (especialista em segurança), Guilherme Wisnik, Leda Paulani, Flávia Birolli, Eduardo Fagnani, João Sicsú, Sabrina Fernandes, Peter Pál Pelbart e a reitora Maria Amália Andery, da PUC-SP.
Jornalistas progressistas também estarão nas mesas: Natália Viana (Agência Pública), Carla Jimenez (El Pais), Eleonora de Lucena (Tutameia) e Laura Capriglione (Jornalistas Livres).

A programação ainda inclui atividades culturais: curso sobre a relevância e atualidade de Paulo Freire (com Sonia Couto), aula-teatro Maria, ainda com a temática freiriana (com Ana Saul), apresentações dos grupos artísticos Slam da Guilhermina, Arlequins (peça O Capital), Quando Quebra e Queima e Cabaré Feminista.

Sobre o Salão 

Iniciativa de um grupo de editoras independentes de grandes grupos empresariais em parceria com a PUC-SP, o Salão do Livro Político tem como objetivo fortalecer as editoras, aumentar a visibilidade de suas obras e incentivar as vendas e a leitura de livros políticos, que representam atualmente em torno de 2,5% do total de obras publicadas por ano no Brasil (sociologia, filosofia e economia). O Salão recebeu cerca de 3,5 mil visitantes nas últimas edições e, entre os convidados, intelectuais e personalidades prestigiadas globalmente, como o escritor cubano Leonardo Padura, o sociólogo português Boaventura de Sousa Santos, o cientista político alemão, biógrafo de Karl Marx, Michael Heinrich, Marilena Chauí, Dilma Rousseff, José Genoíno.

 
V Salão do Livro Político
27 a 30 de maio, das 10h às 22h.
Tuca PUC-SP (Rua Monte Alegre, 1024, São Paulo, SP).
Facebook salaodolivropolitico      Intagram salaodolivropolitico      site salaodolivropolitico

Promoção e realização: Alameda, Anita Garibaldi, Autonomia Literária, Boitempo, EDUC, Geração, Veneta.