20 de julho de 2024

Search
Close this search box.

ABI repudia processo de Arthur Lira para tentar calar o ICL Notícias

A Associação Brasileira de Imprensa repudia com veemência a atitude do presidente da Câmara dos Deputados, deputado Arthur Lira, que deveria ser o primeiro a dar o exemplo de zelar pelo respeito à Constituição brasileira, de entrar com uma ação na 24ª Vara Cível de Brasília para remover do YouTube os vídeos do programa ICL Notícias, que contêm reportagens, entrevistas e comentários críticos contra ele.

Com isso, ele tenta calar a imprensa, na defesa de seus interesses pessoais e privados.

Como político experiente, Lira sabe que a Liberdade de Imprensa é pedra fundamental do Estado Democrático de Direito.

Não será calando jornalistas e órgãos de imprensa que ele conseguirá melhorar a sua imagem pública.

Mais escandaloso ainda é saber que ao deputado foi aberto espaço para exercer a sua defesa, atitude que ele acabou desprezando.

Ao propor uma ação de indenização no valor de R$ 300 mil contra o ICL Notícias, Lira tenta inviabilizar economicamente um órgão de comunicação, caracterizando uma verdadeira intimidação não apenas ao seu alvo direto, mas a todos os demais meios de comunicação.

Da mesma forma que condena a iniciativa do presidente de uma das casas legislativas da nossa República, a ABI congratula-se com o Judiciário por ter rejeitado a censura pedida pelo parlamentar, fazendo valer o direito constitucional do povo brasileiro de ter acesso a todas as informações necessárias para que cada eleitor possa depois fazer seu juízo de valores.

Liberdade de informação sempre! Censura nunca mais.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE IMPRENSA

Assine aqui  um abaixo-assinado em defesa da liberdade de imprensa e contra as manobras de Arthur Lira para tentar calar o ICL!