12 de julho de 2024

Search
Close this search box.

Pool de Canais transmite quatro lives contra o fascismo no Brasil

Em um inédito pool de canais jornalísticos em defesa dos Direitos Humanos e da Democracia, os Jornalistas Livres, Ciranda, GGN, Jornal Empoderado, Barão de Itararé, Iaras e Pagus e Instituto Hori Educação e Cultura promovem nesta e na próxima semana uma série de quatro lives especiais com Adriana Dias para alertar os eleitores brasileiros sobre os perigos da ascensão e consolidação do fascismo no Brasil, inclusive por seus reflexos no empoderamento da extrema-direita mundial.

Na sexta-feira (21), às 17h, acontece a primeira live: O que é o fascismo/nazismo e como ele se consolida nas sociedades. Dia 24 de outubro, segunda-feira, às 17h, teremos a segunda live com o tema: Como mostrar às igrejas neopentecostais que o bolsonarismo não é de Deus. Na quarta-feira, dia 26 de outubro, o assunto da terceira live é Bom Retiro, as bestas do mar e o perigo do fascismo em São Paulo. E na sexta-feira, dia 28 de outubro às 17h, encerramos o ciclo explicando Porque o bolsonarismo é nazista e quais suas ligações históricas no Brasil e no exterior.

Adriana Dias é a maior pesquisadora de antissemitismo no Brasil, com pesquisas de mestrado e doutorado na Unicamp (esse premiado em Israel em 2009), reconhecidas pela Liga Antidifamação – ALD (principal entidade internacional contra o antissemitismo) e que estão sendo traduzidas como referência metodológica para busca de células nazistas no mundo. Ameaçada de morte desde que denunciou a preparação de ataques terroristas neonazistas no Brasil em 2009, Adriana provou em 2021 as ligações diretas entre Bolsonaro e os grupo neonazistas desde 2004. Filha de família evangélica humilde criada no miscigenado bairro do Bom Retiro, se converteu ao judaísmo a partir das perseguições que viu em suas pesquisas. Pessoa com Deficiência e diversas doenças raras, Adriana faz da sua vida uma luta diária contra os preconceitos e pela inclusão de todas as diversidades nos direitos, na educação e na sociedade.

Contamos com todas e todos na parceria com a divulgação das lives por uma São Paulo e um Brasil livres do fascismo e do nazismo.

Transmissão pelo Facebook dos Jornalistas Livres, InstitutoHori, Cirandanet, Jornal Empoderado e Youtube Iaras e Pagus, GGN, Barão de Itararé.