20 de julho de 2024

Search
Close this search box.

Secretário de Atenção Primária à Saúde, Nésio Fernandes, denuncia improbidade sanitária em gestões negacionistas

“É lamentável que a alta direção de municípios e estados passem a reproduzir aquilo que o povo brasileiro rejeitou nas urnas”, alerta o Secretário de Atenção Primária à Saúde do ministério, Nésio Fernandes, ao referir-se a gestões de prefeitos e governadores que adotam posições negacionistas e antivacina.

Por Érika Ceconi/Barão de Itararé 

Durante entrevista coletiva com os meios independentes, realizada na terça-feira (20), o secretário destacou a importância da reconstrução do Ministério da Saúde, no governo Lula, e de recuperar a confiança da população na ciência e nas instituições, além do fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS), a retomada de projetos como o Programa Mais Médicos, Saúde na Escola, campanhas de vacinação, entre outros, fundamentais para ampliar o acesso da sociedade aos serviços.

“No primeiro ano do governo do presidente Lula retomamos um processo de confiança da população nos agentes locais, tivemos uma expansão da atenção primária de saúde, porque o ministério voltou a estar junto com os municípios”, disse.

Confira abaixo a íntegra da entrevista:    


Entre os assuntos abordados, Nésio falou sobre o papel das políticas públicas de saúde no enfrentamento às doenças e exemplificou com as medidas de proteção que o ministério vem tomando em relação aos povos Yanomami. “Interrompemos uma escalada de óbitos absurda que estava acontecendo”, lembrou.

Sobre a Dengue, o médico informou que, por ser uma doença vetorial, o controle em combater o foco é altamente efetivo. “Podemos garantir que o ciclo de transmissão seja interrompido com mobilização social e atividades do Estado, especialmente nos poderes locais para o controle vetorial”, informou. Ele ressaltou ainda a importância da vacinação como uma medida coletiva para impedir a proliferação de doenças e epidemias.

A atividade, realizada pelo Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé, foi transmitida ao vivo pelo canal do Barão no Youtube e de veículos parceiros. Apresentada pela jornalista e coordenadora da entidade, Larissa Gould, o encontro contou com jornalistas da Rede TVT, Revista Fórum, Portal Vermelho, DCM, Instituto Cultiva e Brasil 247.