25 de julho de 2024

Search
Close this search box.

Após censura, ONU libera participação de manifestantes no IGF

Depois de muito diálogo e com a ajuda da interlocução dos conselheiros do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.Br), a ONU devolveu os crachás apreendidos de manifestantes que levantaram, na segunda-feira, cartazes para a manutenção da neutralidade da rede e contra o projeto financiado pelo Facebook, o Internet.org. Os participantes que tiveram seus crachás tomados já estão liberados para frequentar o fórum novamente.

Na segunda-feira (9), ativistas de organizações da sociedade civil brasileira fizeram um protesto silencioso e pacífico durante a sessão de abertura do 10 º Fórum de Governança da Internet (IGF2015). O evento é promovido pela ONU e pelo Comitê Gestor da Internet (CGI.Br) e acontece em João Pessoa, na Paraíba.

O protesto foi reprimido pelos seguranças da ONU, alguns apelando para a força física. Em seguida, os ativistas foram filmados, fotografados, alguns foram pressionados a mostrarem seus celulares e foram vigiados durante toda a sessão. Além disso, também tiveram seus crachás fotografados e retidos pela segurança, e foram impedidos de participar do IGF até esta quarta-feira, quando a organização acatou o direito dos manifestantes de participarem do IGF.