24 de junho de 2024

Search
Close this search box.

Desafios de um Brasil conflagrado: como enfrentar o golpe e o fascismo

A próxima Live dos Amigos ENFF, em parceria com o Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé, será realizada com o professor Armando Boito, no dia 13 de setembro, às 17H30, sob o tema “Análise de conjuntura brasileira – Desafios de um Brasil conflagrado: como enfrentar o golpe e o fascismo”. O debate será mediado por Carlos Duarte, da Associação de Amigos da Escola Nacional Florestan Fernandes. 

O evento tem a parceria com o Barão de Itararé, entidade que luta pela democratização da comunicação, visando conquistar maior pluralidade e diversidade informativa e cultural no país, e que também transmitirá o evento por meio de seu canal no YouTube. 

Armando Boito Jr é cientista político e professor titular da UNICAMP – Universidade Estadual de Campinas, Editor da Revista Crítica Marxista, colunista do Jornal Brasil de Fato e militante da Consulta Popular. Autor de vários livros, entre os quais “Reforma e crise política no Brasil: os conflitos de classe nos governos do PT”. 

Boito acredita que o Bolsonarismo brasileiro é hoje a essência de uma modalidade de neofascismo, por suas práticas e discurso agressivo e contrário à democracia. Para ele, “a base de massa do movimento fascista cria uma situação complexa quando tal movimento assume o governo, o que ocorre graças à sua cooptação pela burguesia e particularmente por uma das frações burguesas que disputam a hegemonia no bloco no poder”, constatando que Bolsonaro só se mantém pelo apoio que recebeu de setores da burguesia brasileira. 

Ao contrário do que alguns pensadores de esquerda defendem, Boito não considera o governo Bolsonaro antinacionalista, mas uma forma híbrida e enganosa de nacionalismo. “O nacionalismo do Governo Bolsonaro e do bolsonarismo é um nacionalismo de tipo fascista. Ele consiste em lançar contra os movimentos de trabalhadores, de mulheres, de negros, contra a população indígena e LGBT a acusação de que estão dividindo e conspurcando a nação”. 

Para ele, “um governo fascista pode aplicar uma política econômica e social neoliberal e, nos países dependentes da América Latina, pode aplicar uma política externa de subordinação passiva aos EUA”. 

Para conhecer mais a opinião desse cientista político do campo progressista brasileiro, não perca a Live da segunda-feira, 13 de setembro. 

Saiba mais sobre a opinião e os estudos de Armando Boito em: 

https://www.ifch.unicamp.br/criticamarxista/arquivos_biblioteca/dossie2020_05_26_14_12_19 .pdf 

https://www.brasil247.com/blog/o-nacionalismo-de-bolsonaro

https://www.viomundo.com.br/politica/armando-boito-o-governo-bolsonaro-e-fascista-e-nao-descarto-uma-ditadura-de-tipo-fascista-no-brasil.html

Live Boito 1024x1024