10
Seg, Dez

A contribuição de Waldir Pires para a liberdade e a democracia no Brasil [VÍDEO]

Notícias do Barão
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

"Mais que um defensor da democracia, é possível afirmar que Waldir Pires foi um homem de esquerda, que defendia não só a democracia, mas norteou a sua luta política sempre em busca da igualdade". Com essas palavras, Emiliano José lançou, na noite do dia 31 de julho, o livro Waldir Pires: Biografia (Vol. 1). Autor da biografia, o jornalista, militante e baiano contou com a companhia do também jornalista Bob Fernandes, de Isabel dos Anjos Leandro, da Fundação Perseu Abramo, e de Renata Mielli, coordenadora do Fórum Nacional pela Democraticação da Comunicação.

Com o auditório do Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé repleto de figuras históricas da luta progressista no país, o legado de Waldir Pires foi recordado pelos debatedores e pelo público presente. Falecido no dia 22 de junho de 2018, aos 91 anos, Waldir Pires chegou a participar do lançamento do livro em Salvador/BA, oito dias antes de sofrer uma parada cardiorrespiratória. 

Nascido em Acajutiba, no interior baiano, Waldir Pires gravou seu nome na história do Brasil com sua luta por liberdade e democracia. Como descreve Emiliano José em um trecho desta primeira parte da biografia, em abril de 1964, na deflagração do golpe militar, Pires se encontrou com Darcy Ribeiro em Brasília e, dali, partiram em um monomotor com destino ao Uruguai e, posteriormente, à França. A atuação política de Pires, no entanto, seguiu até os últimos dias de sua vida, tendo cumprido papel de destaque na denúncia do golpe em curso no ano de 2016. "A ideia do livro é colocar Waldir Pires e sua trajetória na história, é contar essa história para a sociedade. Com o livro, abro uma porta para isso", afirmou Emiliano José.

Confira a íntegra do lançamento, com os comentários de Bob Fernandes, Isabel Leandro dos Anjos, Renata Mielli e mais.